3 meses de Italia: fazendo o permesso di soggiorno

3 meses de Itália: fazendo o permesso di soggiorno

Enfim, chegaram meus três meses de Itália – antes da minha Não-Renúncia.

O período máximo que se é permitido para turistas ficarem na Itália é de 90 dias. Como requerentes de cidadania italiana são turistas até que o processo seja finalizado (a não ser quem está no país a trabalho, estudo ou com outro visto, mas aí é outra história), seria necessário, então, sair do país após esse período.

É aí que entra o permesso di soggiorno, um documento que, como o nome diz, permite que você fique no país legalmente.

Passo a passo do permesso di soggiorno

Fazer o permesso di soggiorno é bem fácil. Para ser mais fácil, só se fosse de graça; infelizmente, não é. Mas falamos disso mais adiante!

Para fazer o permesso, é só ir até a Posta Italiana (equivalente ao nosso Correio) e pedir um kit giallo. É um envelope com um monte de papeis dentro, que precisarão ser preenchidos e, depois, entregues na Posta, de onde serão enviados para Roma. Mas isso já não é sua responsabilidade.

Importante: não é necessário fazer o permesso no mesmo comune onde se faz o pedido de reconhecimento da cidadania. Eu, por exemplo, fiz em Siena, no meio de uma viagem. Apenas separei meia horinha para ir até a Posta e resolver isso. 😉

Como preencher o permesso di soggiorno

Entre o calhamaço de papel que estará dentro do kit giallo, há um guia de como preencher o formulário que explica como deve ser feito. Maaaas, na internet, tem quem pegue na sua mão e te diga exatamente o que é para escrever e aonde, e isso torna o preenchimento bem mais fácil.

Da primeira vez que tentei entregar o permesso di soggiorno (explico isso mais adiante!), usei um passo a passo mais famoso e a oficial da Posta disse que estava incompleto. Então, encontrei esta outra opção e deu tudo certo.

Não vou colocar o passo a passo do preenchimento aqui no blog, porque o Rafael explicou tudo muito bem e vocês merecem essa didática em suas vidas!

Clique aqui para ver o passo a passo de como preencher o permesso di soggiorno.

FUN FACT: você não vai usar nem metade dessa papelada toda.

Quanto custa o permesso di soggiorno

Tem um monte de preços diferentes espalhados pela internet, mas eu recomendo buscar sempre a fonte oficial.

No site da Posta Italiana, é dito que o custo do permesso di soggiorno é de 30,46 euros. Além disso, você deverá, antes, comprar uma marca di bollo de 16 euros em qualquer tabaccaria e, depois, pagar 30 euros na Posta para enviá-lo.

Ou seja, o custo total do permesso di soggiorno é de 76,64 euros. Ai!

Quando fazer o permesso di soggiorno

Depois de entregar o envelope com tudo certinho na Posta, você terá um protocolo impresso.

Guarde esse papel!

Com ele, você pode ficar tranquilo quanto à sua situação no país; caso algum oficial te questione sobre o fim dos 90 dias, você tem o comprovante de que está em meio ao processo para estender sua estadia na Itália e não deverá ter problemas.

passaporte brasileiro viagem italia
Por segurança, ande sempre com seu passaporte e o protocolo do permesso di soggiorno!

O permesso di soggiorno pode ser feito em qualquer momento antes dos 90 dias na Itália. No entanto, não faz sentido se adiantar muito; afinal, há casos em que a cidadania é reconhecida antes dos três meses. Mas, ao mesmo tempo, deixar para a véspera pode ser ruim porque, se há a chance de algo dar errado, dará.

Eu mesma preenchi o permesso duas vezes, em duas cidades diferentes. Primeiro, tentei na cidade onde moro e não deu certo: a oficial da Posta não aceitou meu envelope porque disse que estava incompleto e me mandou – de forma bem grosseira, diga-se de passagem – voltar quando soubesse o que estava fazendo.

No dia seguinte, eu iria viajar e só voltaria depois da data em que completaria 90 dias na Itália. Mas, como ainda tinha umas três semanas antes disso acontecer, pude corrigir as falhas com calma e, desta vez, fazer tudo certinho na Posta. Se tivesse feito na véspera, seria o maior desespero…

Ah, uma observação: enquanto a oficial da primeira Posta olhou página por página do meu permesso, a da segunda nem abriu o formulário e disse que nem sabe como ele deve ser preenchido. Ou seja, assim como cada comune trabalha na requisição de cidadania italiana de acordo com seus próprios processos, enviar o permesso di soggiorno também é uma experiência diferente em cada Posta.

Tudo certo?

Quase. Se der uma olhada no papel que você guardou depois de entregar tudo na Posta, verá que, agora, você foi convocado para comparecer à questura no seu comune na data e hora escritos. Também há outras orientações, como a lista de documentos que deve levar.

Lá, eles analisarão tudo para que, enfim, você tenha seu permesso di soggiorno aprovado (ou não, mas esperamos que sim!).

Ah, pode acontecer da sua cidadania sair antes da convocação. Nesse caso, você não precisará comparecer, pois já será cidadão italiano e poderá ficar no país o quanto quiser. 😉

Veja também os outros posts do blog falando de cidadania italiana 🙂

***

3 meses de Itália: fazendo o permesso di soggiorno

Compartilhar

  • Sobre

Giovana Penatti

Oi 🙂 Meu nome é Giovana, sou jornalista e criei o blog para falar de viagens, da vida viajando, da falta que faz viajar! Originalmente, sou de Piracicaba-SP. Hoje, moro na Itália. Sou formada em jornalismo, tenho um cachorro chamado Bernardo, gosto de pizza e roo unhas o tempo todo. Para saber mais sobre o blog e entrar em contato, clique aqui!

  • Comentários