Onde ver lavanda em Cunha: Lavandario x Contemplario

Onde ver lavanda em Cunha: Lavandário x Contemplário

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Um dos lugares mais famosos de Cunha – se não for o mais famoso – é o Lavandário. Arrisco até dizer que ele foi quem fixou a cidade no mapa do turismo paulista: a primeira coisa que você lembra ao pensar em Cunha é nas lavandas.

Portanto, nada mais natural que colocar o Lavandário no topo da lista de lugares para conhecer lá!

Mas, se você veio procurando a resposta do título do post, ela é diferente: dá pra ver lavanda em praticamente todo lugar em Cunha! Sério: praticamente todo mundo plantou um arbustinho de lavanda na cidade.

Mas, aqui, vou focar em dois lugares onde tem mais lavanda: o Lavandário e o Contemplário. Mas eles têm propostas um pouco diferentes e, portanto, oferecem experiências diferentes também!

Lavandário em Cunha

Começando pelo mais famoso, o Lavandário fica no alto de um morro coberto de lavandas de vários tipos. Também há outras espécies de plantas em menor quantidade, como alecrim e olivas. O objetivo é estudar as diferentes variações.

Por causa disso, não é possível acessar as plantinhas em si: elas ficam em canteiros que são cortados pelo calçamento que dá acesso a todas as áreas. Você pode admirá-las, chegar perto, até arriscar uma picada de abelha na ponta do nariz, mas nada de passear pelo meio delas.

Existe toda uma estrutura para receber os visitantes – e ela é muito boa: o lugar é todo sinalizado, tem um café e uma lojinha com produtos (caros!) feitos da planta.

Como fica no alto, a vista do Lavandário é maravilhosa. Ele fica bem cheio no fim do dia, quando todo mundo disputa a mesma vista do por do sol. Não à toa, o horário de funcionamento é das 10 da manhã até o sol se por, de sexta a domingo.

Para entrar no Lavandário, é preciso pagar um ingresso de R$ 15 (R$ 7 para idosos).

O Lavandário foi o primeiro lugar que visitamos logo ao chegar em Cunha, no fim da tarde. Mas, quando o sol começou a se por, resolvemos assisti-lo de outro ponto, porque queríamos um ambiente mais silencioso, mais reservado – por conta do tanto de gente, inevitavelmente o Lavandário é inevitavelmente barulhento, especialmente na parte do café.

Contemplário em Cunha

A poucos quilômetros do Lavandário – que, na estrada sinuosa que vai em direção a Paraty, vira uns 15 minutos -, o Contemplário é uma alternativa para, como o nome diz, contemplar.

Chegamos bem a tempo de ver o sol se pondo e faltando apenas nove minutos para que o Contemplário fechasse as portas – ele fecha às 18h, mas pudemos aproveitar esses minutos para assistir o céu ficar todo dourado enquanto o sol se escondia.

Aqui, a visão é diferente do Lavandário: você vê o sol de um ponto mais baixo, então não tem vista panorâmica para as montanhas em volta. Mas encontramos o que buscávamos na hora: silêncio (quase) total. Além de nós, havia só uma família lá, o casal sentado em um banco e a filha tirando fotos com uma câmera semiprofissional, que comentava com empolgação sobre a beleza do lugar. Compartilhamos a opinião: estava realmente lindo ver o sol se por com o cheirinho de lavanda que vinha da plantação logo adiante.

No Contemplário, as lavandas não ficam cercadas, então dá para andar entre o campo – com cuidado, pelo amor de Deus, para não pisar nelas! Nós nos sentamos na beiradinha e passamos os nove minutos apenas contemplando.

Seria ótimo se o Contemplário fechasse meia hora mais tarde. Assim, teríamos passado no café depois do por do sol para tomar um espresso e visitar a lojinha, que também vende produtos fabricados com as plantas e ervas aromáticas cultivadas ali.

A entrada no Contemplário é gratuita, mas fomos muito perto de fechar e, infelizmente, não pudemos aproveitar tudo que ele oferecia – dê uma olhada nas fotos do site para ver como é lindo lá!

Lavandário ou Contemplário?

Opinião totalmente pessoal: apesar de termos ficado muito pouco no Contemplário, gostamos mais dele. O Lavandário é lindo, mas estava muito cheio para a experiência que buscávamos. Apesar de termos chegado ao Contemplário num horário ruim, fomos bem recebidos pelo dono e pudemos passar uns minutos ouvindo apenas os sons da natureza enquanto assistíamos o dia acabar. Não conseguimos voltar nos outros dias, então estou com FOMO até agora.

Ao visitar um deles, você está tão pertinho do outro que provavelmente irá nos dois. Mas, se tiver tempo só para um, o Contemplário vale mais a pena: tem entrada gratuita, é mais calmo e te permite andar literalmente entre as plantações. 😉

Serviço

Lavandário

Endereço: Rodovia SP-171, Km 54,7
Horários: aberto de sexta a domingo e feriados, das 10h até o por do sol

Contemplário

Endereço: Rodovia SP-171, Km 61,5
Horários: aberto de quinta a segunda, das 10h às 18h

Vídeo

VEJA OS OUTROS POSTS DO BLOG SOBRE CUNHA:

Onde ver lavanda em Cunha: Lavandário x Contemplário

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
  • Sobre

Giovana Penatti

Oi 🙂 Meu nome é Giovana, sou jornalista e criei o Beijo e Ciao para falar sobre viagens: dicas de passeios, lugares incríveis, experiências transformadoras e as dores e alegrias de morar fora! Originalmente, sou de Piracicaba-SP. Hoje, moro na Itália. Para saber mais sobre o blog e entrar em contato, clique aqui!

  • Comentários