Como transferir o título de eleitor para o exterior online (passo a passo)

Você espirrou, 2021 praticamente acabou e ano que vem tem eleições para presidente e governador, além de senadores, deputados federais e estaduais. E quem mora nos exterior também pode votar – no caso, só para presidente, mas, cá entre nós, acho que essa é a maior urgência no momento. Então, vou te contar como transferir o título de eleitor morando no exterior.

Acho que não preciso falar sobre a importância de votar, né? O voto é um direito que foi conquistado com muito suor e sangue, e é a nossa oportunidade de ter nossos interesses representados pelos governantes, sempre pensando em como a cidade, o estado e o país podem ser melhores do que estão agora, para todo mundo.

O que, no caso, não é lá muito difícil.

Mas vamos ao que interessa:

Passo a passo para quem mora no exterior transferir o título de eleitor online

  1. Acesse o site do Tribunal Superior Eleitoral, ou TSE. Tem algumas coisas para clicar até chegar na página certa, mas já deixei ele prontinho para você neste link.
  2. Deslize até o fim da página e clique em Iniciar Requerimento. Não deixe de ler todas as informações em todas as páginas ao longo do requerimento.
  3. Preencha seus dados. Todos os campos para sua identificação são obrigatórios e, se você errar algum, o site vai te avisar. São duas páginas para isso.
  4. Faça o upload da sua foto com seu documento de identificação. Essa é a parte mais chatinha: você precisa tirar uma foto sua segurando o documento e, depois, da frente e verso dele, além de um comprovante de residência.
  5. Insira seu endereço. No caso, é onde você mora no exterior. Afinal, o requeriento é para mudar seu domicílio eleitoral.
  6. Revise os dados. Tudo certo? É só clicar em “confirmar”. Pena que não faz dililililin.

Recomendo, na segunda tela em que você preenche seus dados, inserir também seu email para receber atualizações sobre o processo. E, depois de confirmar tudo, clicar em “imprimir” e salvar o PDF do requerimento.

Como faz para votar no exterior?

Eu não tenho a experiência prática, porque essa será a primeira eleição em que farei isso. Mas, no site do TSE, você pode acessar este mapa e encontrar locais de votação no país em que mora… Se o site estiver funcionando quando você tentar abrir, porque quando publiquei este post não estava, rs.

No entanto, este site mostra alguns locais de votação, e, em sua maioria, são consulados e embaixadas do Brasil no exterior. Imagino que, quando a transferência do seu título é finalizada, venha também descrita a sua nova sessão e zona.

Mas esse site mostra que Reino Unido, por exemplo, só tem a embaixada do Brasil em Londres, o que pode complicar a vida de quem mora em outra cidade. Aí, talvez seja mais conveniente justificar o voto – e, para isso, nem precisa transferir o título para o exterior.

Nesse Reels mega acelerado eu mostrei como é o passo a passo para justificar pelo app e-Título:

Me siga no Instagram para mais Reels muito menos informativos do que esse!

Mega importante: você pode pedir a transferência do seu título de eleitor para o exterior até 151 dias antes da eleição. No caso, a data final é 4 de maio de 2022.

Mas não deixe para a última hora, porque você vai se enrolar e acabar esquecendo. O processo todo não demora nem 10 minutos – o mais chatinho é fazer a foto dos documentos, mas é bem simples.

E fora você-sabe-quem!

COMPARTILHAR
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Giovana Penatti

Giovana Penatti

Giovana tem 31 anos e é jornalista. Mal pode esperar pela terça-feira à tarde na qual estará tomando um drink numa praia no Mar Mediterrâneo rindo muito de tudo isso. Enquanto isso, escreve sobre viagem e morar no exterior por aqui!