Perdi o passaporte no exterior! E agora?

Perdi o passaporte no exterior! E agora?

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Fiz um template novo para o Instagram Stories (tenho vários! Veja todos aqui!) com potinhos de medos em viagens e, enquanto o meu de perder o passaporte estava bem vaziozinho, teve muita gente que o deixou transbordando!

Achei isso curioso: eu realmente não tenho medo de perder o passaporte. Ok, nunca perdi, mas acho que encararia isso mais como uma chatice no meio da viagem do que um caos total. Afinal, se eu entrei no país, foi com o passaporte, certo? Portanto, sair dele não deve ser tão problemático.

Comentei sobre isso com o meu namorado e ele, depois de concordar comigo, revelou que já perdeu o passaporte nos EUA! Então, juntei o relato dele com o que li na internet para acalmar seu coração caso você também passe por isso.

Boletim de ocorrência

A primeira coisa a se fazer, assim que perceber que perdeu o passaporte, é ir até a polícia e fazer um boletim de ocorrência.

Em inglês, se diz file a police report.

Em espanhol, é hacer un reporte policial.

Em italiano, fare una denuncia di smarrimento

Dependendo da cidade onde você está, é possível fazer online; por via das dúvidas, vá pessoalmente para explicar direitinho o que aconteceu.

Com esse documento em mãos, procure o consulado ou embaixada do Brasil mais próximos.

Caso 1: novo passaporte no exterior

O ideal é que você emita, ainda no exterior, um novo passaporte. Para isso, o procedimento é o mesmo da emissão do passaporte no Brasil: é obrigatório ter todos os documentos necessários em mãos, além de preencher o formulário online.

O valor do passaporte no exterior é de 120 reais ouro (um tipo de moeda utilizado pelos consulados que se equipara ao dólar; portanto, 120 dólares).

Importante: o novo passaporte não terá os vistos que estavam no que foi perdido. Ou seja, será necessário reemitir todos!

Caso 2: Autorização de Retorno ao Brasil

Exemplo de ARB – clica que aumenta!

Se você não puder fazer o passaporte, ou se voltar para o Brasil antes da emissão do novo, deve pedir uma Autorização de Retorno ao Brasil -ARB. Para obter esse documento, que é gratuito e fica pronto na hora, é necessário levar um documento de identificação, além do B.O.

A ARB permite que você saia do país apenas para voltar para o Brasil. Ou seja, se estiver no meio do mochilão e não puder fazer um novo passaporte, será necessário retornar e fazer um novo passaporte. Mas, se o seu voo de retorno tiver escalas, a ARB terá a observação “Retorno ao Brasil via (cidade de escala ou trânsito)”.

Quanto tempo se perde na viagem?

A ARB fica pronta na hora; já o novo passaporte demora alguns dias para chegar. Fazer o B.O e solicitar os documentos não deve demorar mais de uma manhã e uma tarde. Ou seja, nada de muito demorado… Exceto que você está no meio da viagem e, para quem tem os dias contados, isso pode ser tempo demais!

Portanto, cuide muito bem do seu passaporte em viagens. A melhor maneira de garantir que ele não será perdido é deixar no cofre do hotel ou andar com ele dentro do porta-dólar – como ele é o documento de identificação no exterior, prefiro a segunda opção. 😉

Todas as informações sobre perda e emissão de documentos no exterior estão no site do Itamaraty.

***

Perdi o passaporte no exterior! E agora?

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
  • Sobre

Giovana Penatti

Oi 🙂 Meu nome é Giovana, sou jornalista e criei o Beijo e Ciao para falar sobre viagens: dicas de passeios, lugares incríveis, experiências transformadoras e as dores e alegrias de morar fora! Originalmente, sou de Piracicaba-SP. Hoje, moro na Itália. Para saber mais sobre o blog e entrar em contato, clique aqui!

  • Comentários