Roteiro: um fim de semana em Brasilia

Roteiro: um fim de semana em Brasília

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Então, você quer surfar no céu azul de nuvens doidas da capital do seu país? 😉

Estive em Brasília duas vezes, em momentos diferentes e com companhias diferentes. Nas duas ocasiões, fiquei apenas um fim de semana, mas foi suficiente para conhecer a cidade… E para querer voltar para passar mais alguns dias! É que a parte mais turística de Brasília pode ser vista rapidinho, mas deixa aquela sensação de “preciso voltar, e precisa ser em dia útil!”

Bom, eu ainda não voltei para Brasília em um dia útil. Mas tenho boas dicas do que fazer no seu primeiro fim de semana por lá!

O roteiro abaixo foi feito com base na última viagem que fiz para a capital, em junho de 2018:

Dicas gerais:

  • Brasília não foi feita para andar a pé – sério, é uma cidade pensada para carros. Portanto, ter um carro disponível é importantíssimo (nem que seja Uber!), já que o transporte público é muuuito complicado. Também dá para andar de bike com certa tranquilidade.
  • O Plano Piloto é relativamente pequeno, o que significa que você vai de uma ponta a outra em uns 20 minutos. Então, não estranhe o tanto de coisa que coloquei para fazer em um dia: dá tempo, sim!
  • Brasília tem fama de ser uma cidade cara. Mas, como estou acostumada com os preços em São Paulo, achei até barata…
  • Brasília provavelmente será diferente de tudo que você já viu. Por ser uma cidade totalmente planejada na estética do Modernismo, há uma lógica por trás de tudo, desde as ruas sem esquinas (os cruzamentos são trevinhos, para que os carros não precisem parar) até o espaço absurdamente largo e sem qualquer cobertura na Praça dos Três Poderes (para evitar a aglomeração de pessoas e facilitar a vigilância). É muito legal dar uma estudada nisso para entender como Brasília funciona. De quebra, você acaba entendendo um pouco do momento do Brasil quando a capital foi construída.

Sábado: city tour em Brasília

Um dia é o bastante para conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Comece pela Praça dos Três Poderes e seus arredores para ver diversos edifícios e monumentos que são a cara de Brasília, como as esculturas Os Dois Candangos, A Justiça, a Pira da Pátria, o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal.

Congresso Nacional, em Brasilia
A grama queimada pelos muitos meses sem chuva!

Na praça há outras construções famosas, como o Pombal, a Pira da Pátria e o Mastro da Bandeira (curiosidade: a maior bandeira permanentemente hasteada do mundo é essa). Também tem museus, como o Museu Histórico de Brasília, que fala sobre a construção da cidade, e o Espaço Lúcio Costa, que tem uma maquete do Plano Piloto, informações sobre a idealização de Brasília e fotos históricas.

Seguindo a Esplanada dos Ministérios, é possível visitar a Catedral de Brasília, famosa por seu teto de vitrais que compõem um verdadeiro espetáculo colorido por dentro, e a Torre de TV, que oferece uma vista panorâmica do Plano Piloto. Mas não subestime a distância: da Praça dos Três Poderes até a Torre de TV, são quatro quilômetros que, sob o sol do Cerrado, se tornam impraticáveis a pé.

Também vale visitar o Palácio da Alvorada, que é a residência do presidente da República, e a Igrejinha Nossa Senhora De Fátima, que tem a parede mais instagramável da capital. Ela fica na Quadra Modelo, a  Super Quadra 308 Sul, criada para servir como referência para as demais no Plano Piloto.

Parede da Capela Nossa Senhora de Fatima em Brasilia
A parede brasiliense mais famosa do Instagram

Para encerrar o dia, vá até o Pontão do Lago Sul para assistir o por do sol sentado na beiradinha do lago tomando um chopp gelado. O por do sol em Brasília é um verdadeiro espetáculo, e a vibe do Pontão é uma delícia para apreciá-lo!

Ah, não posso deixar o primeiro dia passar sem recomendar o Sebinho Cult, para o almoço ou a janta. A comida é maravilhosa, com um preço muito justo (meu prato era um medalhão de filé mignon com risoto e saiu por uns R$ 35!) e um ambiente super acolhedor. De quebra, como o nome diz, tem o sebo de livros e livraria para levar um souvenir literário.

Caso queira tomar drinks em cadeirinhas de praia ao ar livre para encerrar as atividades, o Mimo é uma boa pedida: é uma espécie de food park bem despojado, perfeito para jogar conversa fora ou fazer o esquenta para a noite.

Pontão em Brasília à noite
Fim de dia no Pontão. Lugar perfeito para ver o sol se por!

Domingo: cachoeira e rolezinho suave

Brasília fica dentro do estado de Goiás, o que significa que tem o clima do cerrado e muitas paisagens naturais lindíssimas no entorno. Então, você pode acordar cedo e dirigir cerca de uma hora e meia até chegar a uma das diversas cachoeiras da região.

No meu fim de semana em Brasília, escolhemos o complexo de cachoeiras do Indaiá, na Fazenda Citates. Fica em Formosa, a cerca de 90 km da capital, o que dá mais ou menos uma hora e meia de carro. Boa parte do trajeto é em área urbana e há um trecho de estrada de terra, por isso a demora.

Estrada para a cachoeira perto de Brasilia
Poderia ser um wallpaper do Windows

A entrada custa R$ 15 e a primeira cachoeira fica a poucos minutos de caminhada do estacionamento. É a cachoeira do Indaiá, considerada a principal do complexo. Ela tem 15 metros de altura e é bem democrática: tem uma parte que dá pé e uma mais funda, para dar umas braçadas.

Fun fact: foi a primeira cachoeira que fui na vida! Ou seja, principiantes são bem vindos 😉

Cachoeira do Indaiá
Pensa num paraíso!

Para quem topa enfrentar várias horas de trilha, a última cachoeira, Salto do Itiquira, está a 5h30 do início. Mas, para essa, é necessário chegar na hora que o parque abre, às 7h.

Depois de renovar as energias e retornar a Brasília, encerre o dia curtindo um samba no boteco A Vizinha. O bar tem música ao vivo aos domingos e comidinhas incríveis, como o kibe a cavalo e a feijoada. Também tem opções veganas deliciosas.

Adoro Brasília e não vejo a hora de visitá-la novamente! Espero que meu roteiro tenha servido de inspiração para a sua viagem. E, se tiver outras dicas para compartilhar, conte nos comentários! 😉

***

Roteiro: um fim de semana em Brasília

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
  • Sobre

Giovana Penatti

Oi 🙂 Meu nome é Giovana, sou jornalista e criei o blog para falar de viagens, da vida viajando, da falta que faz viajar! Originalmente, sou de Piracicaba-SP. Hoje, moro na Itália. Sou formada em jornalismo, tenho um cachorro chamado Bernardo, gosto de pizza e roo unhas o tempo todo. Para saber mais sobre o blog e entrar em contato, clique aqui!

  • Comentários