7 dicas (novas) para viajar de aviao

7 dicas (novas) para viajar de avião

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Você já deve ter visto um milhão de listas de dicas para viajar de avião, né?

Neste post, quis juntar algumas dicas “novas”, quer dizer, que você talvez ainda não tenha visto, porque vieram das minhas experiências mais recentes em viagens, de relatos de outras pessoas, enfim, da vida!

Então, pegue seu protetor solar e sua garrafinha de água vazia e vem comigo – vai fazer sentido, juro:

1. Use protetor solar

Já pensou que o avião é uma caixa de lata que está muito, mas muito mais perto do Sol do que a gente no solo? A radiação UVA, que causa manchas, envelhecimento precoce e até câncer, pode passar pela estrutura e atingir os passageiros, sim, especialmente em voos diurnos. Quem sofre mais são os pilotos, que ficam de frente para as janelas e, portanto, mais expostos: um estudo mostrou que, em uma hora de voo, eles ficam expostos à radiação equivalente a vinte minutos numa sessão de bronzeamento artificial. Então, se você não tem esse costume no seu dia a dia, lembre se usar protetor solar sempre que for viajar de avião para proteger a sua pele (e, sinceramente, sempre mesmo).

2. Leve um chinelo

Uma das primeiras coisas que faço ao entrar num avião é tirar os sapatos, porque meus pés incham bastante. Mas andar descalço dentro do avião é nojento: é fácil achar relatos de comissários falando sobre restos de comidas, bebidas e até vômito e urina no chão, especialmente perto do banheiro – é só pensar que algo daquele chão pegajoso vai embora com você assim que sai do banheiro. Credo!

Para evitar um pouco a nojeira, costumo levar um chinelo na bagagem de mão e usá-lo para andar pela cabine (e desfilo de chinelo + meia sim, porque meu pé é gelado).

3. Leve lenços desinfetantes

Já que estamos falando de sujeira, vale listar o top 3 lugares mais sujos de um avião: em terceiro lugar, estão as fivelas dos cintos de segurança. Em segundo, a bandeja de comida. E, em primeiro, a descarga do banheiro!

Você provavelmente vai lavar a mão depois de ir ao banheiro (…né?!), mas, para evitar as bactérias que estão no seu assento, é uma boa levar alguns lenços desinfetantes. Aliás, imagino que, pós-coronavirus, esse pode acabar se tornando um costume, algo que fazemos sem pensar.

Leia também: O que levar na mala em TODA viagem (e você sempre esquece)

4. Pegue o assento do meio

Se puder escolher seu assento e encontrar uma fileira de três lugares vagos, pegue o do meio: as chances de ninguém se sentar perto de você são grandes, o que te garante um espação durante o voo, se ele não lotar! Casais, por exemplo, já saem da concorrência, porque costumam preferir sentar juntos.

Mas… Eu considero arriscado. Afinal, se o voo estiver cheio, você vai acabar preso entre dois estranhos, ter que pedir licença para se levantar toda vez, passar a bandeja de comida por cima de alguém… Sei lá, eu acho bem desconfortável.

5. Pegue o assento do corredor

Por isso, não me importo tanto em pegar uma fileira inteira para mim – até porque, apesar de já ter acontecido, eu raramente pego voos tão vazios! Então, sempre procuro um lugar no corredor, porque posso aproveitar um pouquinho de espaço extra no corredor – sem atrapalhar a circulação das pessoas, claro – e me levanto à hora que quiser para ir ao banheiro. E eu me levanto MUITO: pelo menos uma vez por hora, dou uma caminhada e me alongo para prevenir problemas na circulação sanguínea.

Bingo da ansiedade: tenho pavor de ter algum problema de saúde sério durante um voo!

6. Leve sua garrafinha d’água, mesmo que vazia

Não é possível passar pelo raio-x com a garrafinha d’água cheia, mas você pode levá-la vazia e encher nos bebedouros da sala de embarque para driblar os preços absurdos das garrafas que são vendidas ali. Além disso, se ficar sem água no avião e tiver sede, pode pedir a um comissário para enchê-la novamente. Pode ter certeza: é bem mais cômodo – para você e para ele – que ficar pedindo vários copos d’água durante o voo.

7. Sacola plástica transparente na mala de mão

Essa dica vale especialmente pra quem viaja só com bagagem de mão, como em companhias low-cost ou voos locais, para não pagar pela mala despachada: coloque todos os seus líquidos, cremes e etc em uma sacola transparente, porque isso vai facilitar muito a sua vida na hora de passar pelo raio-x. Talvez os funcionários peçam para ver o que você está levando nos potes, talvez não; mas, se pedirem, é bem mais rápido de tirá-los da mala para a checagem.

Essa foi uma exigência que tivemos voltando de Londres: o próprio aeroporto fornecia sacolinhas plásticas e pedia para mantermos os líquidos fora da mala e dentro delas ao passar pelo raio-x. No fim, achamos bem mais cômodo e organizado fazer isso!

Tem mais dicas para viajar de avião? Os comentários estão aí pra isso 🙂

***

7 dicas (novas) para viajar de avião

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
  • Sobre
foto perfil beijo e ciao giovana penatti (2)

Giovana Penatti

Oi 🙂 Meu nome é Giovana, sou jornalista e criei o Beijo e Ciao para falar sobre viagens: dicas de passeios, lugares incríveis, experiências transformadoras e as dores e alegrias de morar fora! Originalmente, sou de Piracicaba-SP. Hoje, moro na Itália. Para saber mais sobre o blog e entrar em contato, clique aqui!

  • Comentários