5 dicas para aproveitar as liquidacoes de janeiro na Italia

5 dicas para aproveitar as liquidações de janeiro na Itália

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

O ano só começa de verdade na Itália depois do no dia 7 de janeiro, depois da Epifania da Befana (falei dela neste post!)

Mas, mais ou menos nesse mesmo dia, começa também uma das melhores épocas para fazer compras na Itália: a liquidação de inverno. Ela vem depois de uma época de preços já mais reduzidos, que junta Black Friday e Natal, e, a partir do primeiro fim de semana de janeiro, os descontos podem chegar a mais de 50%!

Neste post, trago 5 dicas para aproveitar ao máximo e fazer compras realmente boas, fugindo do impulso e otimizando seu tempo e sua grana.

Este post é uma “versão estendida” de um outro que fiz no Instagram esses dias. Se você perdeu, é só me seguir lá também! 😉

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Giovana Penatti (@therealgiovana) em

1. Faça sua pesquisa

Se você mora na Itália, ou já está no país alguns dias ou semanas antes do Réveillon, aproveite para dar uma olhada nas suas lojas preferidas e ver quais as peças que você gosta. Experimente as roupas, veja qual o seu tamanho certo e se curte de verdade. Mas só leve se o preço estiver realmente bom! Se não, faça uma nota mental (ou física mesmo) do que viu e volte dali a alguns dias para procurar as peças por um preço mais amigo!

2. Fuja de filas

Essa pesquisa preliminar, além de ajudar a planejar sua grana, também traz uma vantagem que, para mim, é crucial: economiza tempo na fila do provador! Afinal, você já sabe os tamanhos e as peças que quer: é só pegar na arara e ir para o caixa. Tem gente que não liga, mas eu chego a desistir de uma peça se a fila do provador estiver muito grande. Se também for o seu caso, confie na dica 😉

3. Conheça suas necessidades (e seu orçamento)

Tenha um limite do quanto você está disposto a gastar nas liquidações, de modo que as compras não comprometam toda a sua grana! Lembre-se que começo de ano vem com um monte de gastos a mais, então não se emocione ao ver SALDI escrito em tudo quanto é lugar e não esqueça que uma blusinha de 7 euros pode até ser barata, mas dez blusinhas de 7 euros custam bem mais. Para evitar compras por impulso, minha dica é mapear o que você quer comprar (uma calça jeans preta? Um casaco reforçado para o inverno? Uma bota nova?) e uma média realista do quanto quer pagar em cada item. E seguir esse planejamento, claro!

4. O que é bom dura pouco

Apesar dos preços serem bem mais baixos que na Black Friday e na semana antes do Natal, pode ser que algumas peças esgotem nesse meio-tempo. Então, se tiver algo que você quer MUITO, mas não tem muitas peças disponíveis ou é a última do seu tamanho na loja, talvez ela não dure até a liquidação. Portanto, vale avaliar cada caso (mas também lembrar que o mundo não vai acabar porque você não comprou uma blusa nova neste inverno.)

5. Mais desconto ainda

Lá para o fim de janeiro, e até no comecinho de fevereiro, pode acontecer de os prelos ficarem ainda mais baixos – é a liquidação da liquidação! Se estiver disposto a esperar esse tempo, pode valer ainda mais a pena. Só que, depois de um mês de preços baixos, pode ser ainda mais difícil encontrar a peça que você queria, ainda mais se você usa tamanhos grandes, que costumam esgotar antes dos outros.

Ah: neste post, falei sobre roupas, mas as mesmas dicas podem ser aplicadas também para outros tipos de produtos que você esteja interessado, como eletrônicos, objetos de decoração, móveis…

No ano passado, também fiz um post listando algumas das minhas lojas de roupas preferidas na Itália. Clique aqui para ler!

E boas compras! 😉

***

5 dicas para aproveitar as liquidações de janeiro na Itália

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
  • Sobre
foto perfil beijo e ciao giovana penatti (2)

Giovana Penatti

Oi 🙂 Meu nome é Giovana, sou jornalista e criei o Beijo e Ciao para falar sobre viagens: dicas de passeios, lugares incríveis, experiências transformadoras e as dores e alegrias de morar fora! Originalmente, sou de Piracicaba-SP. Hoje, moro na Itália. Para saber mais sobre o blog e entrar em contato, clique aqui!

  • Comentários