Ate quando vai a quarentena na Italia?

Até quando vai a quarentena na Itália?

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Atualizado em 17.04.2020 com o parágrafo sobre 25 de abril.

Começamos a quarta semana de quarentena por aqui e, embora se torne cada vez mais rotineiro estar em casa, ver a primavera acontecendo lá fora enquanto a gente está preso aqui dentro vai ficando também mais difícil. Cheguei na Itália quando as temperaturas já estavam baixas, peguei o inverno inteiro e não via a hora de ver as árvores cheias de vida, o céu azulzinho, os dias longos, sair de camiseta… E, bom, estou vendo isso tudo.

O lado bom é que a primeira data de fim da quarentena está perto: deve ser na próxima segunda-feira. O lado ruim é que ela é oficial por enquanto, e pode mudar a qualquer momento de acordo com a evolução dos casos de COVID-19 nos próximos dias – isso já aconteceu antes, e acho que ninguém ficaria surpreso se acontecesse de novo.

Como muita gente me pergunta até quando vai a quarentena aqui, juntei todas as “possíveis datas” em um post só. Ah, um aviso: se você veio aqui para pegar uma estimativa de quanto tempo deve durar a quarentena no Brasil, faça isso com cautela. Afinal, são países completamente diferentes e os impactos e reações ao vírus muito provavelmente também serão, ok?

13 de abril

Essa é a última data decretada pelo governo, comunicada no dia 1 de abril. Esse prazo mantém todo mundo em casa para a Páscoa, que será dia 12 de abril, e indica que começamos a voltar ao “normal” no dia seguinte. No entanto, essa reabertura será gradual, com alguns setores do comércio autorizados a voltar, como quem fornece produtos para os setores alimentício e farmacêutico, algumas empresas de mecânica, móveis para escritórios, livrarias e papelarias e lojas de roupas para crianças e bebês.

18 de abril

Antes da decisão do dia 13 de abril, o governo cogitava o dia 18. E ainda há uma parcela que defende que esse prazo será muito cedo para começar a reabrir o negócios e a quarentena deve ser prolongada ao menos por alguns dias. Isso porque há o medo de reabrir cedo demais, o que causaria euforia e descuido e, consequentemente, o aumento no número de casos e uma possível segunda quarentena.

25 de abril

Essa data apareceu como possível para a reabertura de outros setores de risco baixo-médio de contágio, como a construção civil, a moda, a fabricação de automóveis, artigos de couro e móveis, além de indústrias como tabaco e mineração. Também se fala em flexibilizar a quarentena para jovens, mas ainda com regras rígidas: poderão se reunir em no máximo três, sem ficar parados, seja ao ar livre ou em lugares fechados e mantendo a distância de segurança.

4 de maio

Essa data é vista, até agora, como a do início da 2a fase de reabertura, considerando que a primeira será no dia 13 de abril mesmo. Nesta fase, idealmente estaremos mais próximos da vida “normal”, podendo nos encontrar com amigos e familiares, mas mantendo o distanciamento social: um metro de distância entre as pessoas e usando máscara nos lugares públicos.

16 de maio

O chefe da Proteção Civil havia dito em uma entrevista que a fase 2 poderia começar no dia 16 de maio, mas afirmou que essa data era uma estimativa com base nos dados que tinha no momento. E reforçou, ainda, que devemos seguir a quarentena com o máximo rigor. A impressão que tenho é que as autoridades italianas temem que essas estimativas acabem fazendo com que as pessoas relaxem e tomem menos cuidado, o que pode elevar os números de contágio justamente agora, que estão estáveis e devem começar a cair nos próximos dias.

Início de junho

Essa estimativa leva em consideração a experiência chinesa – que, vale dizer, deve ser vista com cautela, pois cada país reage de uma forma às medidas restritivas. Em Wuhan, foram três meses de quarentena. Copiando o mesmo modelo para a Itália, sairíamos do isolamento, que teve as primeiras medidas adotadas no começo de março, só em junho.

Fim da quarentena: data oficial

Vale lembrar: as datas citadas se baseiam em estimativas e hipóteses, e dependem do sucesso (ou não) do isolamento para serem cumpridas. Por enquanto, a data “oficial” para começar a reabertura é 13 de abril, ou seja, a próxima segunda-feira. Caso venha a mudar, o anúncio deve vir nos próximos dias.

Outra coisa que devemos lembrar ao pensar no fim da quarentena na Itália é que as diversas regiões estão em momentos diferentes da epidemia, e podem atingir picos e dias sem contágio também em momentos diferentes. Então, talvez a reabertura também ocorra em dias diferentes, dependendo de onde se esteja falando, ou existam restrições de viagens dentro do país entre as regiões.

Em todo caso, não custa reforçar: essa reabertura não significa que voltaremos à vida normal na semana que vem. Ela será gradual, com alguns setores do comércio autorizados a funcionar e todas as recomendações de distanciamento social devendo ser seguidas. Além disso, ficar em casa continua sendo a melhor forma de segurar o avanço do vírus; ou seja, continuaremos saindo só em caso de necessidade ainda por algum tempo.

Fontes:

LEIA OS OUTROS POSTS DO BLOG SOBRE CORONAVÍRUS:

Até quando vai a quarentena na Itália?

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
  • Sobre
WhatsApp Image 2020-09-10 at 00.57.43

Giovana Penatti

Oi 🙂 Meu nome é Giovana, sou jornalista e criei o Beijo e Ciao para falar sobre viagens: dicas de passeios, lugares incríveis, experiências transformadoras e as dores e alegrias de morar fora! Originalmente, sou de Piracicaba-SP. Hoje, moro na Itália. Para saber mais sobre o blog e entrar em contato, clique aqui!

  • Comentários